Notícia

Ampliar fonte

Quinta-feira, 09 de abril de 2020

Adquira sua cesta da agricultura familiar e doe a quem precisa 

Ações de solidariedade e cooperação estão pautando a atuação da ADUFRGS-Sindical durante a crise global em razão do coronavírus. “Desde o início do isolamento social, que fechou as universidades e escolas, a ADUFRGS tem articulado parceiros e iniciativas para, ao mesmo tempo, garantir alimentação saudável aos associados, levar alimento a famílias em situação de vulnerabilidade e, também, apoiar agricultores familiares que estão com a produção represada”, explica o presidente do sindicato, Lúcio Vieira. O sindicato está doando 100 cestas de alimentos por semana e garantindo aos associados o acesso a alimentos saudáveis por meio de compra direta.

Os docentes podem ajudar a ADUFRGS a ampliar o alcance das ações, divulgando a iniciativa e doando cestas da agricultura familiar a quem precisa. Quem quiser ajudar, pode adquirir a cesta no site da Cooperativa GiraSol e mandar entregar na casa de alguém que esteja precisando de ajuda.

Entenda o impacto social e econômico dessa iniciativa

Antes da pandemia, a RedeCoop, rede de cooperativas que oferece as cestas, entregava semanalmente 60 mil quilos de alimentos para universidades, escolas da rede pública, batalhões do exército e hospitais, em Porto Alegre e região metropolitana. As escolas e universidades representam 77% da venda da Rede e, com o isolamento social, a produção de 12 mil agricultores de 44 cooperativas localizadas em 31 municípios gaúchos seria desperdiçada.  

Imediatamente, a ADUFRGS entendeu a importância de ajudar a minimizar os impactos sociais e econômicos do momento, e fechou a parceria com a RedeCoop e a GiraSol. Assim, os alimentos começaram a circular e chamar atenção de outras entidades, o que foi fundamental para liberar os estoques e fazer chegar alimentos a quem precisa.

Em duas semanas de ação, a RedeCoop conseguiu movimentar mais de 15% dos estoques e a expectativa é de que toda a produção seja vendida em volume até maior do que a Rede comercializava antes.    

Charles Lima, presidente da RedeCoop, comenta que para isso, será fundamental garantir as compras públicas de alimentação escolar e do programa de aquisição de alimentos, mas a cooperação das organizações é crucial neste contexto, para, inclusive, reforçar o papel social das entidades. "O movimento sindical pode ser um propulsor da pauta social, para além da sua categoria. Historicamente, os sindicatos têm um papel importante na defesa dos trabalhadores, das pessoas da periferia, de uma sociedade mais justa. E é isso que o momento aflora", acredita.

Depoimentos em destaque

Na última semana, algumas cestas da ADUFRGS foram destinadas a moradores idosos da Vila Cruzeiro, zona Sul de Porto Alegre. Por serem considerados parte do grupo de risco à Covid-19, os idosos requerem atenção e cuidados especiais, e uma alimentação saudável ajuda a manter a imunidade do organismo.

Dona Fátima, antiga moradora e liderança comunitária na Vila, recebeu uma das cestas. "Hoje eu não posso sair na rua devido a tudo isso que está acontecendo e agradeço do fundo do meu coração essa ajuda". 

Seu Ézio, que há 20 anos atua na mobilização dos moradores da vila, também recebeu a cesta. "Agradeço pelo que recebi e deixo um recado: precisamos levantar novas lideranças, sangue novo para seguir. Isso que é necessário".

Assista a um vídeo e conheça um pouco sobre a origem dos alimentos comercializados pela Cooperativa GiraSol.